Vem recapitular alguns dos assuntos mais importantes que foram e vão ainda ser dados nas aulas de H.G.P. Deixa comentários e sugestões e diverte-te com estas aprendizagens...
.mais sobre mim
.Assuntos do blog

. 1820

. 25 de abril

. a oposição ao estado novo

. a união europeia

. a vida nas cidades

. aprender e aplicar

. batalhas

. comunicações

. constituição de 1911

. ditadura militar

. evolução da bandeira nacional

. fichas de avaliação

. filmes

. generais

. guerra civil portuguesa

. imagens sobre a época da primeira repúbl

. império e monarquia absoluta no século x

. independência do brasil

. invasões francesas

. jogos

. liberalismo

. mapa cor-de-rosa

. o desastre da ponte das barcas

. o golpe militar do 28 de maio

. o luxo na corte de d. joão v

. o rei d. carlos

. parlamento

. portugal

. portugal durante o estado novo

. portugal no século xviii

. presidentes da 1ª república

. primeira república portuguesa

. rainhas e presidentes de portugal

. reis

. revolta do 5 de outubro de 1910

. salazar e o estado novo

. séc. xix

. século xix

. século xix - a vida no campo

. sites de história para consultares

. transportes

. webquest`s

. todas as tags

.pesquisar
 
.posts recentes

. Fichas de Avaliação

. Reis, Rainhas e President...

. JOGOS

.últ. comentários
Gosto de fazer exercicios de história e geografia ...
que bom faser exercicios de ciencias neste blog
olhe peço desculpa mas devem ser cegos porque o qu...
.Posts mais comentados
5 comentários
4 comentários
.arquivos
Sábado, 18 de Junho de 2011
O LUXO NA CORTE DE D. JOÃO V

 


 

O LUXO NA CORTE

DE D. JOÃO V

D. João V - O Magnânimo

(09/12/1706 à 31/07/1750)
Em 1708, 18 meses após assumir o trono, D. João V casou-se com a arquiduquesa Maria Ana de Áustria, filha do imperador Leopoldo I. Inteligente e instruído, amante da matemática e da música, obstinado nas decisões, tomou por modelo Luís XIV e tornou-se soberano absoluto.
Luís XIV
Luís XIV, rei da França, também chamado de "Rei Sol" pode ser considerado como o inventor do luxo, pois deixou um legado de símbolos de status e sofisticação, durante seu reinado, tais como:
  • Os diamantes;
  • O champanhe (vinho dos reis);
  • Sapatos de salto-alto;
  • A gastronomia;
  • As perucas;
  • Os predecessores de boutiques, grifes (marcas) e salões de cabeleireiros, assim como dos primeiros criadores de alta-costura;
  • Os perfumes;
D. João V foi um estadista competente, cercou-se de ministros e diplomatas notáveis, como o brasileiro Alexandre de Gusmão, principal inspirador de sua política para o Brasil. A pedido do papa Clemente XI, autorizou a participação de navios portugueses na batalha de Matapan, contra os turcos. Por não reconhecer a nomeação do núncio de Lisboa pelo papa Bento XIII, rompeu relações com a Santa Sé, depois reatadas com o papa Clemente XII.
Arca de transporte do ouro do Brasil
Com o ouro do Brasil edificou o monumental conjunto de Mafra: basílica, palácio real e convento. Criou a biblioteca da Universidade de Coimbra e construiu o aqueduto das Águas Livres, que abasteceu Lisboa. Morreu em Lisboa, em 31 de Julho de 1750, e foi sucedido pelo filho, D. José I.
Recebeu os cognomes de “O Magnânimo” ou “O Rei-Sol Português”, em virtude do luxo de que se revestiu o seu reinado. Alguns historiadores recordam-no também como “O Freirático”, devido à sua conhecida “apetência sexual” por freiras (de algumas das quais chegou inclusivamente a gerar diversos filhos).
Com a descoberta das minas de ouro no Brasil, e, devido ao facto de ser grande admirador do Rei Luís XIV de França, D. João V passou a ser o exemplo do absolutismo em Portugal: recusava reunir as Cortes e procurava sempre expressar uma superioridade face à nobreza.
D. João V realça a figura régia através do luxo e da etiqueta. Adoptou a moda francesa, quer no traje, quer no cerimonial.
O Rei, esse tem sempre o lugar central. É o centro das atenções, é o centro do poder.
 
 
De um modo geral copiava-se o que era lançado na Corte de Versalhes:
  • Vestidos amplos, volumosos e pregueados, alguns em forma de saco;
  • Corpetes mais folgados;
  • As panniers e as farthingales na armação das saias;
  • Penteados exuberantes e altíssimos, com enchimentos e elementos decorativos;
  • Perucas;
  • Leques;
  • Maquilhagem empoada;
  • Chapéus enormes e com muitas plumas de animais nobres;
nobre do século XVIII
O visual masculino tinha a seguinte estrutura:
  • Casaco (justaucorps) ajustado na cintura;
  • Coletes bordados;
  • Calções extremamente justos;
  • Lenços originados das golas da chemise, muito volumosos, no pescoço;
  • Maquilhagem empoada;
terrina do século XVIII
Uma ementa de Domingo aconselhada pelo cozinheiro do rei D. João V:
 
1ª iguaria – Tigelas de caldo de galinha com uma gema de ovo e canela por cima e sopas de vaca.
2ª iguaria – Perdigões assados, guarnecidos com linguiça.
3ª iguaria – Coelhos à João Pires.
4ªiguaria – Um ou dois peitos de vitela de conserva, guarnecidos com torrijas de vitela.
5ª iguaria – Pastelões de várias carnes, redondas, lavrados.
6ª iguaria – Pastéis fritos, pequenos, de carneiro, com açúcar e canela.
7ª iguaria – Ôlha castelhana – vaca, carneiro, mãos de porco, presuntos, grãos, nabos, pimentão, de todos os adubos amarelos com bom açafrão.
Doces fritos e fruta de tempo.
publicado por ana às 20:39
link do post | comentar | favorito
partilhar
.Vídeos de História

 

.Atlas

 Mapa-Múndi

.História Divertida

 

 
 
 
 
 
 
 

 

 

.e-mapps

 

Mapa Interactivo da Europa

aceder aos vários países da Europa
e a um conjunto variado de jogos
sobre os países da Europa.
 
 

 

Pesquisar

 

 

.Galeria de imagens

 

Galeria de Imagens para Trabalhos de História
 
 
.subscrever feeds